MINISTRO DEFENDE IMPORTÂNCIA DO LEILÃO DO 5G PARA IMPULSIONAR ECONOMIA E AMPLIAR CONECTIVIDADE

Em entrevista ao Consórcio de Imprensa Internacional, ministro das Comunicações, Fábio Faria, repercutiu a votação do edital no TCU e reforçou que todas as capitais terão a nova tecnologia até julho de 2022

Por: Roque Lander Menegais | 23 de Agosto de 2021 às 14:16:29


Compartilhe


O ministro das Comunicações, Fábio Faria, enfatizou que o cronograma para implantação da tecnologia de quinta geração está mantido e garantiu que até julho de 2022 todas as 27 capitais brasileiras terão cobertura 5G. A declaração foi dada nesta quinta-feira (19/8) aos jornalistas de 22 veículos de imprensa que fazem parte do Consórcio de Imprensa Internacional. Durante a live, Fábio Faria reforçou que com o leilão será possível impulsionar a atividade econômica e ampliar o acesso à internet no Brasil. O ministro também destacou a importância da construção de rede privativa para evitar o vazamento de dados governamentais.

O 5G é uma revolução. É a baixa latência da tecnologia que vai nos trazer a Internet das Coisas que vai revolucionar toda a cadeia de produção, o agronegócio, o setor de mineração, segurança pública e educação 
- Ministro das Comunicações, Fábio Faria

“O 5G é uma revolução. É a baixa latência da tecnologia que vai nos trazer a Internet das Coisas que vai revolucionar toda a cadeia de produção, o agronegócio, o setor de mineração, segurança pública e educação”, pontuou Faria. O ministro repercutiu o início da votação do edital no Tribunal de Contas da União (TCU) e afirmou que o País está perto de se tornar um caso internacional de sucesso na implantação do 5G. “O Brasil vai se tornar mais competitivo. Somos um grande player e estamos bem situados”.

A projeção do ministro é que o leilão seja realizado até outubro deste ano. De forma que o cronograma para implantação do 5G fica mantido. “Até julho de 2022, todas as capitais terão cobertura 5G standalone, que é o 5G ‘Ferrari’”, complementou Faria se referindo à velocidade da nova tecnologia. Nas cidades mais populosas, o 5G deve chegar ainda este ano.

Ampliação do acesso à internet - Além de estimular o desenvolvimento dos setores econômicos, o Leilão do 5G terá impacto direto na cobertura de internet no Brasil. O ministro esclareceu que 90% dos valores arrecadados no certame serão revertidos em investimentos no setor de telecomunicações. Isso representa R$ 37 bilhões. As obrigações previstas no edital incluem a ampliação da conectividade em regiões que hoje têm baixo índice.

“A nossa maior missão com o Leilão é conectar todos os brasileiros. Vamos levar conexão para 40 milhões de pessoas que não têm acesso”, afirmou. Um dos compromissos que as empresas vencedoras devem assumir é o de levar internet para todas as localidades acima de 600 habitantes. O edital também prevê a destinação de R$ 1, 5 bilhão para o Programa Amazônica Integrada e Sustentável, que irá conectar 10 milhões de pessoas na região norte.

Para as regiões não contempladas pelas obrigações, o Ministério das Comunicações promove acesso à internet por meio do programa Wi-Fi Brasil. Já são 14 mil pontos instalados em mais de três mil municípios. “Vamos conectar 15 milhões de pessoas até o ano que vem através do Wi-Fi Brasil. Nós temos condição de instalar dois mil pontos por mês”.

Rede privativa - O ministro também esclareceu as principais dúvidas relacionadas à rede privativa 5G para uso exclusivo da administração pública federal. De acordo com Faria, o principal objetivo ao limitar a rede é evitar o vazamento de informações e proteger dados. “A rede privativa gera uma segurança maior”, explicou, acrescentando que há especificações técnicas recomendadas aos fornecedores de equipamentos no intuito de assegurar a confiabilidade da rede.

Ainda segundo o ministro, países como Alemanha, Estados Unidos, Coreia do Sul, Japão, Austrália, Reino Unido, Canadá também utilizam esse padrão que favorece a segurança dos dados. O Ministério das Comunicações promoveu missões na Europa, Ásia e Estados Unidos para conhecer as soluções adotadas. “Todos os países daqui para frente que realizarem um leilão vão usar a rede privativa. Nossa experiência vai virar um case”.

Além de apresentar os benefícios do Leilão 5G para o Brasil, o encontro com jornalistas estrangeiros também possibilitou esclarecer dúvidas e mostrar outros projetos do MCom para levar internet para várias regiões do país. “Foi muito oportuno este encontro com os veículos estrangeiros, pudemos esclarecer narrativas que nem sempre condizem com a realidade e mostrar os projetos que temos para o Brasil”, finalizou.

Texto: Ascom/ Ministério das Comunicações

Saiba mais

TCU forma maioria para aprovação do edital do 5G
MCom demonstra potencial do 5G para o agronegócio em Londrina (PR)

Comunicações e Transparência Pública

ASSINE NOSSA NEWSLETTER


Cadastre-se para receber conteúdos exclusivos do Blog do SISTEMA PLUG por email.

Eu concordo com a Política de Privacidade do Blog SISTEMA PLUG.

O Blog do SISTEMA PLUG oferece conteúdo exclusivo sobre Publicações de notícias do DOU, legislação, consulta de planos básicos referentes a Rádio, TV's e Internet.

Tudo para ajudar a sua estação.


SISTEMA PLUG DE COMUNICAÇÕES LTDA

RUA MARECHAL DEODORO, 3624

CEP: 85.810-200 - CASCAVEL/PR


(45) 3326-2509


[email protected]


2000 - 2020 | © Copyright | Plug Consultoria e Projetos - Todos os direitos reservados