18 Anos
Mais de 400 Clientes

Internet > Fibra Óptica

FIBRA ÓPTICA

A fibra óptica é um meio de transmissão comumente utilizado em redes de dados; um fio muito fino de material transparente, vidro ou materiais plásticos, através do qual são enviados pulsos de luz que representam os dados a serem transmitidos. O feixe de luz é completamente confinado e se propaga através do núcleo da fibra.

A fonte de luz pode ser laser ou LED e a sua transmissão pela fibra segue um mesmo princípio, independentemente do material usado ou da aplicação: é lançado um feixe de luz em uma extremidade da fibra, e pelas características ópticas do meio (fibra), esse feixe percorre a fibra através de consecutivas reflexões.

A fibra possui no mínimo duas camadas: O núcleo e o revestimento. No núcleo ocorre a transmissão da luz propriamente dita, embora o revestimento não seja menos importante.

A transmissão da luz dentro da fibra é possível graças a uma diferença de índice de refração entre o revestimento e o núcleo, sendo que o núcleo possui sempre um índice de refração mais elevado, característica que aliada ao ângulo de incidência do feixe de luz, possibilita o fenômeno da reflexão total.

As fibras ópticas são o meio físico com a menor atenuação. Portanto, as ligações diretas podem ser estabelecidos sem repetidores, de 100 a 200 km, com consequente aumento de confiabilidade e economia de equipamento.

A capacidade de transmissão é muito alta, além de ondas ópticas de vários comprimentos de onda, podem ser propagadas simultaneamente, o que se traduz em um maior desempenho dos sistemas.

Na verdade, 2 fibras ópticas poderiam transportar, todas as conversas telefônicas de um país, com equipamentos de transmissão capazes de lidar com essa quantidade de informações (entre 100 MHz/Km a 10 GHz/Km).

O diâmetro de uma fibra óptica é semelhante ao de um cabelo humano. Um cabo de 64 fibras ópticas, tem um diâmetro total de 15 a 20 mm e um peso médio de 250 Kg / km. A vantagem é o custo de instalação, sendo utilizado em sistemas com duto congestionado, salas de informática ou o interior dos aviões.

As fibras ópticas transmitem luz e não emitem radiações eletromagnéticas que possam interferir com equipamentos eletrônicos, nem são afetadas pela radiação emitida por outros meios, portanto são a maneira mais segura de transmitir informações de alta qualidade sem degradação.

Atualmente as fibras utilizadas na área de telecomunicações são basicamente classificadas em dois grupos de acordo com o modo de propagação: Fibras Multimodo e Fibras Monomodo.

Multimodo são aquelas que podem guiar e transmitir vários raios de luz por reflexões sucessivas, (modos de propagação). Os modos são formas de onda permitidas, a palavra modo significa caminho.

Monomodo são aquelas que, por seu design especial, podem guiar e transmitir um único feixe de luz (um modo de propagação) e tem a peculiaridade de ter uma largura de banda muito alta. Nestas fibras quando o emissor de luz é aplicado, o uso é mínimo, também o custo é maior, a fabricação é difícil e os acessórios devem ser extremamente precisos.