18 Anos
Mais de 400 Clientes

Publicação > Você precisa saber > Outras

MCTIC vai apresentar à Presidência da República, proposta da estratégia para Transformação Digital, ainda este ano.

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) vai encaminhar até o fim do ano à Presidência da República uma proposta para a Estratégia Brasileira para a Transformação Digital.

O documento, resultado de discussões interministeriais e consulta pública, vai conter orientações para criar uma política de Estado voltada à digitalização de diversos setores do país e capacitação da sociedade para o ambiente digital.

“A ideia do governo não é obrigar as pessoas a se digitalizarem, mas criar um ambiente favorável para que isso aconteça da melhor forma possível.

A partir da consulta pública, nós chegamos a 91 ações concretas levando em conta a economia baseada em dados, um mundo de dispositivos conectados, novos modelos de negócio e transformação digital da cidadania e governo.

Esses são os eixos habilitadores que podem, ligados entre si, mudar o país”, afirmou o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital do MCTIC, José Gontijo.

Ele participou nesta terça-feira (7) do 3º Fórum IBGP (Instituto Brasileiro de Governança Pública) de Tecnologias da Informação, em Brasília.

Segundo Gontijo, o setor público também pode ser muito beneficiado pela transformação digital. “Naturalmente, quando digitalizamos os processos produtivos e a gestão pública, conseguimos prover serviços de qualidade melhor, atender a população de forma mais adequada e pegar a burocracia de que todo mundo reclama e tornar em algo mais simples e eficiente”, explicou.

A elaboração da Estratégia Brasileira começou em fevereiro, com a instituição de um grupo de trabalho interministerial encarregado de elaborar o material colocado em consulta pública entre agosto e setembro.

O objetivo é criar um ambiente habilitador para impactos transformadores em agricultura, comércio, educação, finanças, indústria e serviços de transportes e logística, por meio da digitalização dos processos produtivos e da capacitação do país para as tecnologias digitais.

Fonte: MCTIC – Assessoria de Comunicação    |    Data: 08/11/2017 14:26:14    |    Nenhum anexo para essa publicação


Notícias Relacionadas

10/11/2017

Renovações

Emissora comunitária de Pojuca/BA tem sua outorga renovada pelo MCTIC. Rádio Juventude FM é ouvida em 104,9 MHz.

08/11/2017

Renovações

Publicada Portaria que renova a outorga de Rádio Comunitária de Barra do Corda/MA. Rádio Rio Corda – FM 104,9 MHz.

07/11/2017

Extratos de Contratos

MCTIC formaliza Contrato de Adesão de Permissão para Rádio FM Comercial de Fervedouro/MG. Estação será ouvida em 90,3 MHz.