19 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Esporte

Fonte: Super Esportes / Gazeta Press | Imagem: AFP / FRANCK FIFE | Link Notícia

21/11/2018

Mbappé sofre lesão, mas França vence o Uruguai e fecha ano com chave de ouro

Atacante do PSG machuca o ombro no triunfo francês por 1 a 0, em Paris

Informações compartilhadas Superesportes

Em amistoso disputado na noite desta terça-feira, a França se despediu de 2018 com chave de ouro. Jogando no Estádio Saint-Denis, os "Bleus" reeditaram as quartas de final da Copa do Mundo contra o Uruguai, derrotado na Rússia por 2 a 0. Desta vez, apesar do domínio ao longo da partida, a vitória foi apenas por 1 a 0, com gol do centroavante Olivier Giroud.

Com o resultado, os atuais campeões mundiais encerram a temporada com saldo positivo, apesar da não classificação à fase final da Liga das Nações da Uefa. Já o Uruguai, que amargou sua quarta derrota consecutiva após a Copa, promete dar trabalho ao técnico Óscar Tábarez, de contrato recém-renovado.

O jogo

O primeiro tempo foi de um time só. Empurrada por sua torcida, a França criou a primeira chance de gol logo aos três minutos, quando Matuidi recebeu lançamento na esquerda e tocou de primeira para Giroud. O centroavante saiu na cara do goleiro Campaña, mas se desequilibrou e chutou para fora.

Os "Bleus" não davam sossego aos sul-americanos. Aos 15, Mbappé recebeu grande passe de Griezmann, arrancou com a bola e invadiu a área, mas errou o alvo ao tentar tocar por cima do goleiro. Aos 28, após grande passe de Ndombele, o camisa 10 voltou a ficar frente a frente com Campaña, que tirou com o pé. No rebote, Pavard isolou por cima.

O lance causou uma baixa no time da casa. Na dividida com o arqueiro uruguaio, Mbappé machucou o ombro direito na queda e precisou deixar a partida, sendo substituído por Florian Thauvin. Sem o melhor jogador jovem da Copa do Mundo, a França perdeu o ímpeto e viu o Uruguai controlar o jogo nos minutos finais do primeiro tempo.

A França voltou pressionando e abriu o placar aos seis minutos da etapa complementar, quando Giroud converteu pênalti marcado após o zagueiro Cáceres bloquear chute de Griezmann com o braço esquerdo dentro da área.

Em busca do empate, Óscar Tabárez colocou De Arrascaeta no lugar de Valverde e mandou o Uruguai se lançar ao ataque. Didier Deschamps respondeu substituindo Matuidi e Ndombele por N’Zonzi e Fekir.

No entanto, com Luis Suárez e Cavani bem marcados, a Celeste continuou encontrando dificuldades para ameaçar a meta do goleiro Lloris. A França, por sua vez, recuou e passou a apostar nos contra-ataques. Embora tenha diminuído o ritmo, a equipe mandante segurou a pressão e garantiu o triunfo em seu último desafio no ano.



Notícias Relacionadas
Dólar fecha quase estável após leilão do BC

Economia

Dólar fecha quase estável após leilão do BC

Inflação do aluguel acumula taxa de 7,78% em 12 meses, diz FGV

Economia

Inflação do aluguel acumula taxa de 7,78% em 12 meses, diz FGV

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

Economia

Caixa começa a chamar candidatos aprovados no concurso de 2014

Rodrigo Moledo desfalca o Internacional por três semanas

Esporte

Rodrigo Moledo desfalca o Internacional por três semanas