19 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Politica

Fonte: Sputnik Brasil | Imagem: Valter Campanato/ Agência Brasil | Link Notícia

08/05/2019

Governo bloqueia R$ 5,8 milhões do orçamento das Forças Armadas do Brasil

O governo informou nesta terça-feira (7) que vai realizar um bloqueio de R$ 5,8 bilhões no orçamento do Ministério da Defesa. A informação foi divulgada durante reunião entre ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e integrantes do Alto Comando das Forças Armadas.

Informações Compartilhadas Sputnik Brasil

De acordo com o ministério, o bloqueio não vai afetar as "atividades cotidianas" do setor. 

"Tal bloqueio, no momento, não impõe necessidade de mudanças na operacionalidade do Ministério da Defesa. A pasta trabalha com a expectativa de recuperação da economia e reequilíbrio do orçamento brevemente", afirmou a assessoria do Ministério da Defesa. 

O valor contingenciado representa cerca de 44% das despesas não obrigatórias do Ministério da Defesa.

A decisão faz parte da estratégia do setor econômico do governo para cumprir com o decreto que estabelece um contingenciamento de cerca de R$ 30 bilhões, a mesma medida que atingiu a Educação, estabelecendo um corte de 30% no orçamento de universidades e institutos federais.

"O fato em si, e nós temos sido contingenciados, está dentro de um contexto do que a administração pública entende no momento, para que, no futuro, com a aprovação da nova Previdência e outras ações estruturantes, o governo, de maneira geral, possa reacomodar esse orçamento, não apenas do Ministério da Defesa, mas de outros ministérios envolvidos", informou o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rêgo Barros. 



Notícias Relacionadas
Maior parte dos estudantes de universidades federais é de baixa renda

Educacao

Maior parte dos estudantes de universidades federais é de baixa renda

Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019

Educacao

Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem 2019

Inep tem novo presidente

Educacao

Inep tem novo presidente

PIB cai 0,1% no primeiro trimestre do ano

Economia

PIB cai 0,1% no primeiro trimestre do ano