19 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Economia

Fonte: Sputnik Brasil | Imagem: © Foto: Wilson Dias/Agência Brasil | Link Notícia

06/06/2019

Brasil deseja criar novas oportunidades com a China, diz Ernesto Araújo

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo, declarou que deseja criar "oportunidades novas" de investimentos com a China.

Informações Compartilhadas Agencia Brasil

Araújo participou na última terça-feira de um jantar em homenagem ao vice-presidente da República, Hamilton Mourão, organizado pelas Frentes Parlamentares Brasil-China e Brics.

De acordo com o chanceler, não existe contradição em buscar manter relação de alto nível com a China e os EUA simultaneamente.

“Desejamos criar oportunidades novas [com a China] para os exportadores brasileiros e novas oportunidades para investimentos”, disse o ministro.

“Não há contradição [entre parcerias simultâneas com a China e com os Estados Unidos]. Em ambos os casos podemos ter relações muito profícuas, não há nenhuma animosidade, não há problema algum”, acrescentou.

A China é, desde 2009, o principal parceiro comercial do Brasil. A corrente de comércio bilateral alcançou, em 2018, US$ 98,9 bilhões (exportações de US$ 64,2 bilhões e importações de US$ 34,7 bilhões). O comércio bilateral caracteriza-se por expressivo superávit brasileiro, mantido há nove anos, e que, em 2018, atingiu recorde histórico de US$ 29,5 bilhões.



Notícias Relacionadas
IGP-M acumula taxa de inflação de 3,08% em 12 meses, diz FGV

Economia

IGP-M acumula taxa de inflação de 3,08% em 12 meses, diz FGV

ANP se diz atenta quanto a abusos em preços de combustíveis no Brasil

Economia

ANP se diz atenta quanto a abusos em preços de combustíveis no Brasil

Feirão de empregos atrai milhares de pessoas na capital paulista

Economia

Feirão de empregos atrai milhares de pessoas na capital paulista

Brasil disputa Copa América de basquete feminino após ouro no Pan

Esporte

Brasil disputa Copa América de basquete feminino após ouro no Pan