19 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Economia

Fonte: Sputnik Brasil | Imagem: © AP Photo / Francois Mori | Link Notícia

06/06/2019

Guerra comercial entre EUA e China reduzirá PIB global em 0,5%, diz FMI

A disputa comercial entre Estados Unidos e China pode reduzir o crescimento do PIB global em 0,5% em 2020, disse a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, durante um debate no American Enterprise Institute.

Informações Compartilhadas Sputnik Brasil

Após o recente colapso das negociações comerciais entre EUA e China, o presidente Donald Trump anunciou que as tarifas de cerca de US$ 200 bilhões sobre importações chinesas aumentariam de 10% para 25%. Ele também ameaçou aplicar novas tarifas sobre mais de US$ 300 bilhões em bens adicionais.

Lagarde falou que a previsão do FMI não inclui ainda as recentes tarifas de Trump impostas ao México.

Os riscos que o FMI identificou há alguns meses, acrescentou, estão se materializando, incluindo riscos associados às tensões comerciais.

Em um tweet desta quarta-feira (5) Trump disse que houve progresso nas negociações de imigração com autoridades mexicanas sobre sua ameaça de impor tarifas graduais em todos os produtos vindos do México.

Em 2018, os Estados Unidos importaram quase US$ 540 bilhões em mercadorias da China, segundo dados do Departamento de Comércio dos EUA, e cerca de US$ 370 bilhões do México.

 



Notícias Relacionadas
Governo Bolsonaro avança para 'acabar' com a tomada de três pinos

Tecnologia

Governo Bolsonaro avança para 'acabar' com a tomada de três pinos

1º celular com 64 MP deve ser da Xiaomi, indica código da MIUI 10

Tecnologia

1º celular com 64 MP deve ser da Xiaomi, indica código da MIUI 10

Brasil tem três gols anulados, só empata com a Venezuela e ouve vaias em Salvador

Esporte

Brasil tem três gols anulados, só empata com a Venezuela e ouve vaias em Salvador

Com gol de Marta, Brasil bate Itália e se garante nas oitavas da Copa do Mundo Feminina

Esporte

Com gol de Marta, Brasil bate Itália e se garante nas oitavas da Copa do Mundo Feminina