20 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Economia

Fonte: Agencia Brasil | Imagem: Arquivo/Agência Brasil | Link Notícia

15/05/2020

Faturamento da indústria cai 4,8% em março, diz CNI Com a queda do faturamento as empresas reduziram o ritmo de operações

Com a queda do faturamento as empresas reduziram o ritmo de operações

O faturamento real da indústria caiu 4,8% em março em relação a fevereiro de 2020, mostra a pesquisa Indicadores Industriais, da Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Em resposta à queda do faturamento as empresas reduziram o ritmo de operação, levando à queda das horas trabalhadas e, consequentemente, da utilização da capacidade instalada, diz a confederação.

As horas trabalhadas na produção recuaram 1,8%, caindo para o menor nível da série histórica, e o emprego industrial caiu 0,7% nesse período, a maior queda mensal desde 2016. A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) recuou 2,5 pontos percentuais, para 76%, percentual bem próximo dos 75,9% registrados em maio de 2018, durante a paralisação dos caminhoneiros.

“Os resultados refletem os impactos da pandemia do coronavírus na indústria. Na segunda quinzena de março ocorreu o endurecimento das medidas de distanciamento social e o consumidor parou ou reduziu suas compras. Essa queda da demanda teve reflexos imediatos no faturamento”, diz o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, em nota.

Segundo a CNI, os indicadores mostram também que a massa salarial paga aos trabalhadores aumentou com indenizações das demissões decorrentes da crise. A massa salarial teve expansão de 2,2% em março comparado a fevereiro. Na comparação de março deste ano com o mesmo mês de 2019, o crescimento ficou em 2,1%.



Notícias Relacionadas
Libertadores pode recomeçar com protocolo inspirado no futebol Alemão

Esporte

Libertadores pode recomeçar com protocolo inspirado no futebol Alemão

Quarentena em Bogotá continuará por mais duas semanas

Mundo

Quarentena em Bogotá continuará por mais duas semanas

França abrirá bares e praias em segunda fase de flexibilização

Mundo

França abrirá bares e praias em segunda fase de flexibilização

Japão pede que G20 lidere ações para recuperar economia global

Mundo

Japão pede que G20 lidere ações para recuperar economia global