20 Anos
Mais de 400 Clientes

Variedade > Mundo

Fonte: Agencia Brasil | Imagem: Arquivo/Agência Brasil | Link Notícia

20/05/2020

Covid-19: primeiro-ministro espanhol pede desculpas por erros

Espanha pode prolongar hoje medidas de restrição até junho

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, pediu hoje (20) desculpas pelos erros cometidos no combate à covid-19 e unidade para chegar à "vitória", ao intervir no debate parlamentar em que pediu o último prolongamento do estado de emergência.

Ele agradeceu o trabalho de todos os representantes dos vários partidos nas comunidades autônomas do país que ajudaram a combater a pandemia e transmitiu a sua "compreensão" pelos erros que possam ter cometido "dada a complexidade e o drama das decisões".

O parlamento espanhol vota hoje um pedido de mais duas semanas, até 7 de junho, do mandato para o executivo tomar medidas excepcionais.

"Paramos juntos o vírus, devemos terminar com unidade esta vitória e devemos também empreender juntos a reconstrução social e econômica do país", disse o chefe do governo ao pedir uma quinta prorrogação do estado de emergência. O resultado da votação ainda é imprevisível.

Confinamento pode acabar em junho

O plano de alívio das medidas de luta contra o novo coronavírus prevê o levantamento gradual do confinamento numa série de fases que deverão terminar no fim de junho, com a chegada a uma "nova normalidade".

A maioria da população do país - 70% - já se encontra na "fase um" desse plano desde segunda-feira, mas as regiões mais atingidas pela pandemia de covid-19, que incluem a comunidade de Madrid, a área metropolitana de Barcelona e grandes zonas de Castela e Leão, mantêm-se numa etapa intermédia chamada "fase 0,5".

A Espanha é um dos países mais atingidos pelo coronavírus que, a nível global, já provocou mais de 320 mil mortos e infectou mais de 4,9 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Os Estados Unidos são o país com mais mortos (91.921). Seguem-se o Reino Unido (35.341 mortos, quase 249 mil casos), Itália (32.169 mortos, mais de 226 mil casos), França (28.022 mortos, mais de 180 mil casos) e Espanha (27.778 mortos, mais de 232 mil casos).



Notícias Relacionadas
Receita paga hoje as restituições do primeiro lote do IRPF 2020

Economia

Receita paga hoje as restituições do primeiro lote do IRPF 2020

Contas públicas têm resultado negativo de R$ 94,3 bilhões em abril

Economia

Contas públicas têm resultado negativo de R$ 94,3 bilhões em abril

Campeonato Italiano volta em 20 de junho, diz ministro do Esporte

Esporte

Campeonato Italiano volta em 20 de junho, diz ministro do Esporte

MPRJ recomenda suspensão de possível retorno do Campeonato Carioca

Esporte

MPRJ recomenda suspensão de possível retorno do Campeonato Carioca